domingo, 15 de junho de 2008

Crianças

Quero trazer aqui outro poema de uma criança Brasileira!

Adorei este conteúdo e espero que vocês também.



Crianças

Soltando a imaginação
uma menina dizia
em suave melodia
numa terna invocação:

Eu sou a criança
eu sou o amor
eu sou a esperança
dum mundo melhor

Ajude-me a erguer
quando tropeço
com todo o carinho
que sempre mereço

Ensine-me a enfrentar
o mundo que avança
a trilhar meu caminho
com mais segurança!

Eu sou o futuro...
Eu sou a esperança!


de Isabel Correia da Silva Sousa
São Paulo - SP - por correio eletrônico




Imagens retiradas da Internet - da autoria de by Linda Veit - photo.net

12 comentários:

Pipinha disse...

Olá Zezinho, adorei todas estas imagens ternurentas de crianças. As crianças são um tesouro!
Vim deixar-te um abraço com carinho, paz e amizade.
Boa semaninha.
Beijinhos.

Camila disse...

Olá... adorei as imagens, o tema e o poema!
Muito bom gosto!
Beijo
=)

Mario Rodrigues disse...

Assim se conseguisse fazer tudo o que a criança merece, e talvez este mundo fosse melhor.

"Amizade verdadeira é
difícil de encontrar,
díficil de largar e,
impossível de esquecer"

Uma óptima semana

Abraço amigo

Mario Rodrigues

Em espaço de partilha:
http://toquedeestrela.blogspot.com
http://sensualidadeemletras.blogspot.com

Ana Maria disse...

Poema e imagens maravilhosas!
Beijinhos!

Parapeito disse...

Belo o poema!
A tua escolha denota toda a sensibilidade que emana de ti.

Tudo de bom...tem um fim de semana cheio de belos sentires***

Sunshine disse...

Adorei o poema, adoro crianças... hoje escrevi sobre uma das minhas.
Obrigada pela visita.

Estrela do Sul disse...

Caro amigo, passando para desejar

"Amizade verdadeira é
difícil de encontrar,
díficil de largar e,
impossível de esquecer"

Uma otima semana

Abraço amigo

Mario Rodrigues

Em espaço de partilha:
http://toquedeestrela.blogspot.com
http://sensualidadeemletras.blogspot.com

Multiolhares disse...

Lindo demais este poema.
Realmente o futuro é das crianças
Elas são o destino
beijinhos

Patrícia disse...

Não há nada como as criancinhas xD.
Desculpe a ausencia.

Beijinho *

Deseo disse...

buuuuuuuuuuf!
impresionante!!

excelente página!!

mi más sincera enhorabuena!!!

rosa dourada/ondina azul disse...

Muito bonito !
Poema cheio de ternura, como tudo o que envolve crianças :)


Bom fim-de-semana,

Sandra Araújo disse...

Ola Zé, este poema tem muito que se lhe diga. É pena que muitos adultos estejam de olhos fechados e se esqueçam que um dia também foram crianças e que estas são mesmo a alma da humanidade.
Bom resto de semana.